28 de maio de 2012

As Crônicas de Nárnia - O Sobrinho do Mago

Ola meus fofinhos e fofinhas!! *o*
Como eu falei anteriormente, estou tentando resgatar alguns posts antigos então, por este motivo, decidi fazer a resenha de uma das séries que mais puxou pela minha "Mente Criativa" que seria... As Crônicas de Nárnia.


"O Sobrinho do Mago" foi o sexto livro a ser lançado ( Em 1955) porem, na ordem cronológica da estória, é o primeiro livro. Foi escrito por Clive Staples Lewis e inicialmente lançado pela ABU Editora (Porem só ganhou fama depois do filme "As Crônicas de Nárnia - O Leão, a feiticeira e o Guarda Roupa). Em 2011 foi confirmado que este livro será a próxima estória a ser adaptada para o cinema (Porem sem data prévia de lançamento).

Tudo começa quando Digory e sua mãe se mudam e vão morar com o Tio André em Londres (Pois sua mãe estava muito doente e seu pai estava na Índia).
Porem, ao chegar lá, Digory se sente muito solitário pois seu tio, ao invés de passar algum tempo com ele, escolhe passar todo o dia trancado em seu quarto sabe lá Deus fazendo o que. O mais estranho era que, vez por outra, se ouvia gritos e sons estranhos vindo de lá, mas ninguém sabia ao certo o que era.
Um dia, enquanto Digory estava "chorando as pitangas", ele termina conhecendo sua vizinha chamada Polly (Ela era da mesma idade que ele porem, muito curiosa e corajosa).
É ai que começa uma grande amizade. Eles passam a andar sempre juntos, fuçando tudo o que encontravam. Em um belo dia, os dois decidem entrar secretamente no quarto do Tio André e descobrir o que tem de tão misterioso por lá. Ao chegar lá, Tio André os chama e conta que ele era um poderoso mago e que vinha, a anos, procurando um jeito de transportar as pessoas para outros mundos.
Depois de uma longa conversa, Tio André consegue convencer Digory e Polly a usarem o anel que ele mesmo fez e que possivelmente os levariam a outros mundos.

Para grande surpresa de todos, o anel funciona porem não leva esse jovem casal a nenhum mundo aparentemente. Eles chegam em um bosque totalmente estranho e lá encontram um "porquinho-da-índia" (o mesmo que Tio André usou para testar a eficácia do anel). Nesse bosque, poderia encontrar vários lagos, grandes e pequenos. Esses lagos eram como portais que poderiam levar os jovens exploradores a vários mundos. Então, decidem testar para ver onde realmente chegariam e entraram em um lago qualquer.

Ao entrar, chegaram num mundo morto, com muitas plantas e vários escombros e entulhos (Como se alguém já tivesse morado por lá, mas o abandonou a séculos). Até mesmo o sol era estranho e tinha uma cor avermelhada. Ao explorar o local, eles terminam encontrando uma estátua de uma linda mulher e, junto dela, tinha uma mensagem que dizia mais ou menos assim: 
" Quem quiser saber o que aconteceu neste mundo, deve tocar o sino. Mas cuidado, ao fazer isso, trará um grande perigo."
Como todos sabem, crianças são curiosas e mesmo com esse alerta eles tocam os sinos e aguardam. A mulher magicamente volta a vida e conta aos garotos que ela era a Rainha e o mundo estava naquele estado pois ela entrou em guerra com sua própria irmã e, com isso, terminaram destruindo tudo. O pior, foi ela mesma quem se amaldiçoou depois que viu os estragos.
Porem, com medo, as crianças saem correndo e a Rainha, desesperada para sair daquele mundo, corre atras deles. Inevitavelmente, ao Digory e Polly usarem o anel para voltar a Londres, terminam trazendo a Rainha Branca consigo. A rainha, determinada a dominar Londres aceita tio André como seu escravo, e este estava convicto que teria alguma chance amorosa com ela (pois ele ficou louco de amores por ela).
No meio de muita confusão, as crianças conseguem levar a Rainha Branca de volta ao "Bosque" porem, um cocheiro, seu cavalo (Chamado "Morango") e Tio André terminam vindo junto.
É ai que Polly e Digory tem o plano de manda-la de volta para seu mundo. O único problema? Todos os lagos pareciam iguais. Sem tempo pra pensar, eles se jogam no primeiro lago que veem e, para surpresa, não era o certo.

É ai que começa a estória de Nárnia. 

Vou parar de fala se não termino contando toda a estória xD 
Querem saber como ela se iniciou? E quem assistiu o filme, será que adivinhou quem era esse menino chamado Digory?

OBS: Este foi só uma resenha/resumo do livro. Para saber todos os detalhes, terão que lê-lo.

*Sinopse: "A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais."


Gostou? Comenta...


2 comentários:

Mardonio Júnior disse...

Muito bom, quem ler com certeza fica curioso para ler o livro, bom eu fiquei

Isabele Alves disse...

O livro é realmente bom e por sinal, estou relendo tudo de novo kkkk
Você vai gosta ;)
Abraços...

Isabele Alves

Postar um comentário

Ola! Tem alguma dúvida? Então comente...
Ficaremos felizes de saber a sua opinião e iremos lhe responder assim que possivel então... fiquem atentos. :D
Mas calma, chingamentos e palavrões não são permitidos ok?!
Bjinhos...