19 de setembro de 2014

Sessão de autógrafos e bate-papo com Carolina Munhóz e Raphael Draccon

Desde o lançamento dos livros O Reino das Vozes que Não se Calam (Carolina Munhóz) e Cemitério de Dragões (Raphael Draccon) no Rio de Janeiro dia 07/09, os escritores deram início a uma turnê por 6 cidades do país. Alem do Rio de Janeiro, eles passaram por Belo Horizonte Brasília, Salvador, Recife e 2 cidades de Fortaleza. Conheça aqui a agenda de Raphael e Carolina e os próximos locais em que estarão.

Abaixo vai as imagens do autógrafo que consegui e os mimos que ganhamos aqui no Recife.

 

 


 

Abaixo vai o vídeo do início do bate-papo que aconteceu no Recife, além de um trecho da música Flores de Sophia Abrahão cantado por Carolina.

Bate-papo

Carolina cantando Flores



Cemitério de Dragões - O Legado Ranger I - Raphael Draccon

 *Sinopse: "Em diferentes pontos do planeta Terra, cinco pessoas com histórias e origens completamente distintas desaparecem por motivos variados e acordam numa outra realidade. Em meio a guerras envolvendo demônios, dragões, homens-leão, seres fantásticos e metal vivo, os cinco precisam compreender os motivos de estarem ali e combater um mal que talvez não possa ser impedido. Este é o mote de Cemitérios de dragões, o novo romance de Raphael Draccon, que marca a estreia do selo Fantástica. No livro, o autor de Dragões de Éter apresenta uma versão moderna e adulta de um universo inspirado por séries queridas por toda uma geração como Jaspion, Changeman, Flashman, Black Kamen Rider e Power Rangers."

Cemitério de Dragões é um livro escrito por Raphael Draccon, lançado pela Editora Rocco e liberada pela mesma com o Selo Fantástica, sendo ele e a escritora (E também esposa) Carolina Munóz os precursores deste novo movimento. O autor tambem possui outras obras como a saga Dragões de Eter, lançado pela Editora Leya e sucesso entre o público infanto-juvenil.  Cemitério de Dragões possui 352 páginas e foi lançado em agosto deste ano.

Conta a estória de 5 pessoas completamente diferentes mas com algo em comum, todos eles são humanos e, ao acordarem, se descobrem em um mundo totalmente novo cheio de perigos.

Ashanti, uma guerreira africana, nascida por conta de um estupro, rejeitada pela mãe e condenada a vida sofrida de Ruanda. Ao aparecer no novo mundo, passou a aprender tudo sobre o lugar, de artes marciais até a língua local. Se tornou a melhor de todos os monges treinados do rei de Taremu e chamou a atenção do príncipe. Segundo o príncipe Rogua, sábios antigos previram que ela seria a mulher que protegeria a dádiva Miho, a pessoa que guiaria o povo a vitória quando a Noite da Serpente chegasse. Ao conversar com ele, acabou se apaixonando. Porem, segundo os sábios antigos, para conseguir a vitória, Miho precisaria convencer todos os povos daquele planeta a se juntarem nessa guerra. Sem o consentimento do príncipe, os dois saem em busca de seguidores. Infelizmente o castelo é atacado, as cidades são destruídas e, ao perceber que isso acontecia por sua causa, Miho acaba decidindo voltar, deixando assim a muito relutante Ashanti com a tarefa de convencer os povos a lutarem. Com lágrima nos olhos, e com uma promessa de que voltaria para salva-lo, ela sai em disparada pelo desconhecido.

Derek, sargento e soldado do esquadrão Ranger do exercito Americano, se encontra em uma caverna rodeada de dracônicos, escravizado por eles e sem qualquer maneira de se comunicar com outros pois nenhum deles (Seres que nunca viu antes e que possivelmente veio de outros planetas) falava a sua língua. A pesar disso, o soldado sempre tinha em mente encontrar um modo de fugir e foi isso que o motivou a seguir em frente, mesmo nas condições lamentáveis em que se encontrava.

Amber, uma garçonete irlandesa, conhecedora de artes marciais secretas que, após chegar ao novo mundo e ser capturada por seres dracônicos (Não sem lutar e matar alguns no caminho), se encontra em uma masmorra escura, presa pelas mãos e sem qualquer possibilidade de fuga. A pesar disso, o que a motivava a  seguir em frente é o seu temperamento forte e seu pensamento em encontrar seu irmão.

Romain é um rapaz meio... irritante no começo! Um francês, tendo como profissão ser dublê e, além disso, ele se considera um mestre do Parkour. Sua participação inicia quando ele acorda, completamente nu e com fome. Na decisão entre comer e arrumar roupas, decidiu que sua fome era maior e acabou roubando 2 galinhas. Ao ver um homem nu segurando o pescoço das galinhas e falando coisas ininteligíveis, a dona da casa acabou chamando a população e ele acabou sendo preso e engaiolado a espera de um julgamento público que decidiria sua vida.

Daniel é um jovem hacker, brasileiro, descendente de de japoneses e um exímio espadachim. Sua parte começou quando, ao chegar na praça, percebeu que acontecia um julgamento. Infelizmente, o julgado era Romain e ao perceber que o garoto compreendia o que dizia, acabou por demonstrar que Daniel era seu cúmplice. Ao ver que Daniel conseguia compreende-lo, a população acabou por prende-lo e os dois foram condenados a forca por bruxaria. Juntos, Daniel e Romain acabam sendo a dupla preferida dos leitores por suas cenas cômicas.

O que uniu essa turma bem diferente? O desejo de salvar não só o povo de Taremu, mas todos os outros planetas (E o seu próprio), e destruir o demônio-rei Asteroph e a demônio-bruxa Ravenna.


Espero que gostem tanto quanto eu dessa estória.

Comentário: Confesso que eu não FAZIA IDEIA de quem era o Draccon. O que me motivou a ler seu livro foi que, após ler O Arqueiro e a Feiticeira (De Helena Gomes) e participar do Hangout feito pela editora com Raphael, Helena e Carolina, decidi comprar o livro. Como o livro da Helena acabou me fazendo apaixonar pela literatura fantástica, decidi dar uma chance a Carol e ao Raphael e sim, comprei os livros sem nem mesmo ler a sinopse [kkkkk... :) ].

Primeiro comentário: Achei a arte da capa, o estilo vermelho por traz da capa, a arte feita em cada capítulo e as separações a coisa MAIS FOFA DO MUNDO! Sério, se eu odiasse o livro, pelo menos valeria a pena ter um exemplar como esse em mãos. Posteriormente liberarei a imagem para que possam ver com mais detalhes.

Segundo comentário: O Draccon conseguiu me capturar em menos de 20 páginas lidas. Sua escrita é tão boa e tão rico em detalhes que precisei fazer um esforço para prolongar a leitura por que eu sabia que, sem controle, eu terminaria o livro em 1 dia.

Terceiro comentário: Ao terminar o livro, tive vontade de MATAR o Draccon. Por que? Ele praticamente deixou um "Continua..." enorme no final (Sentido figurado) fazendo com que eu gritasse com o livro dizendo "Como assim? Cadê o resto? O Draccon não pode estar fazendo isso com meu coraçãozinho... :( ". Após muitos livros lidos, muitas séries incompletas e muita espera, ele conseguiu elevar meu nível de curiosidade passando a ser o numero 1.
 
Abaixo vai alguns trechos com Daniel e Romain que me fizeram gargalhar ao ler.

"-Dragões...- ordenou Derek, virando-se para o grupo ao fundo. - Hora de voar!
-Nós temos um nome de guerra agora? - questionou Romain, ainda meio enlouquecido com o cenário do lado de fora.
-Eu gosto. - comentou Amber de maneira fria.
-Eu também adorei! - comentou Daniel.
- Você é virgem, Daniel! - resmungou Romain - Você vai concordar com qualquer coisa que ela diga!"


"O homem-leão apanhou a massa do cadáver dracônico do chão.
-Amigo... amigo...- disse Romain com as palmas abertas, tocando em si próprio. Depois, apontou para os dracônicos em guerra ao fundo. - Inimigo! Pega! Pega!
- Isso é um homem-leão, seu idiota! Não um Pokemon! - a voz de Daniel de repente surgiu.
- Eu nem sei que porcaria é um pokemon, seu nerd desequilibrado! (...)"

11 de setembro de 2014

Lançamento de Estilhaços escrito por Liz Marsholl


No dia 27 de Setembro a partir das 20h, a escritora Liz Marsholl, autora do livro Rosa Negra, estará comemorando seu aniversário lançando seu mais novo livro "Estilhaços". Esse encontro está marcado para o Malooca Bar em São Paulo e contará com Open Bar e Aperitivos. O valor para entrada é de R$ 20,00. Futuramente, estarei fazendo uma resenha sobre esse tão esperado livro. Enquanto isso, confira o Making Of deste livro.

OBS: Para mais informações, visite o Evento e curta a página da Escritora no facebook.




Gone (Livro 1) - Michael Grant


*Sinopse: "Em um piscar de olhos, todos com mais de 14 anos desaparecem. Restam adolescentes. Pré-adolescentes. Crianças. Nenhum adulto. Nenhum professor, policial, médico ou responsável. Linhas de telefone, redes de televisão e a internet param de funcionar. Não há como pedir ajuda. A fome é intimidante e a violência começa. Os animais parecem estar se transformando, e uma criatura sinistra está à espreita. Os próprios adolescentes estão ficando diferentes, desenvolvendo novos talentos: poderes inimagináveis, perigosos e mortais, que crescem dia após dia. É um mundo novo e assustador. É preciso escolher um lado — e a guerra é inevitável."

A série Gone foi escrita por Michael Grant, teve seu primeiro livro lançado em 2008 e só chegou ao Brasil em 2010 pela Editora Record. Possui ao todo 6 livros intitulados: Gone (2008), Hunger (2009) , Lies (2010) , Plague (2011) , Fear (2012) e Light (2013). No Brasil, o livro Fear (Medo) está previsto para lançamento ainda esse ano (2014). Seus direitos de adaptação para TV foram vendidos para a Sony Pictures em 2013 e se espera que vire uma série de TV.

Fala basicamente sobre crianças (De 14 anos ou menos) desesperadas que, ao descobrir a ausência dos adultos (E dos pais), passaram a, ou vagar sem rumo ou a depredar e comer a maior quantidade de guloseimas que encontrassem pela frente. Passaram a ficar sem internet ou qualquer rede de comunicação e, pior de tudo, estão presos dentro do que consideram uma bolha, sem possibilidade de sair da cidade. Essa barreira, além de machucar quem tentar toca-la, isola qualquer visão do que está acontecendo do outro lado.

O centro disso tudo? A Usina Nuclear de Praia Perdida (Local onde tudo aconteceu). Em 1990, um meteoro cai na cidade e atinge a Usina, danificando uma das maquinas e arrastando para debaixo da terra material radioativo. A cidade foi fechada, a radioatividade contida, mas isso não sai da mente dos moradores até o momento. E, com isso em mente, os garotos Sam, Astrid e Quinn criam uma teoria de que talvez seja esse o motivo desta anomalia.

Alem disso, crianças acabam aparecendo com anomalias nada convencionais. A primeira apareceu contendo o "Poder" do fogo, outra tem poderes telecinéticos, e outra o poder de soltar luz pelas mãos. E não para por ai... a cada momento, mais e mais crianças aparecem e isso causa panico nos demais.

Como sobreviver a todas essas mudanças?

[CONTEM SPOILER]
*Comentário: Eu particularmente amei a série. Você consegue visualizar claramente o desespero de varias crianças que, acostumadas a ser guiada pelos pais, percebem que não sabem o que fazer. Um líder foi necessário para manter a ordem, e mesmo que Sam não estivesse disposto a ser o que precisam, no final ele conseguiu. Outro personagem que me marcou foi o Albert, um menino que, a pesar de tudo, tinha visão do futuro. Mente evoluída, visão para os negócios, ele acabou me chamando a atenção. Porem, o que mais me intrigou foi o Pequeno Pete. Uma criança autista, sempre sobre proteção da sua irmã Astrid, guarda um potencial e uma inteligência que ninguém imagina.

Espero que gostem do livro pois, a pesar dele fugir do meu estilo original de leitura, passou a ser uma das melhores série que já li.

27 de agosto de 2014

Evento "As Quartas de Batom" + Convidadas especiais

 A partir de Setembro, a designer Monica Rosenzweig abrirá seu ateliê ( Rua Barão de Jaguaripe 176/101 - Ipanema, RJ ) para encontros femininos mensais, com o objetivo de trocar informações e funcionar como um "happy hour" só para as mulheres curtirem um fim de dia de forma bem descontraída. As Quartas de Batom, nome do encontro, sempre terão a presença de uma especialista em alguma área que seja de interesse das mulheres.






Dia 3/09, o primeiro encontro será comemorativo ao Dia do Sexo, que acontece dia 6/09 e terá a presença da Consultora de Relacionamentos Suzana Leal, autora do livro Dra. Sedução e os Segredos de Pselda. Despojada e autêntica, a consultora que dá palestras sobre autoestima e o poder natural de sedução das mulheres, vai conduzir o bate-papo apimentado citando momentos que todas as mulheres enfrentam durante a vida e pontuando as melhores formas de lidar com eles.







O evento será gratuito, mas é preciso se inscrever por telefone, pois há limite de vagas.

Mais informações pelo telefone: (021) 2522.4644

Lançamento do livro Saga de Bravos de Patrícia de Luna

Uma viagem pela história medieval. Um amor de dois mil anos. A busca pela paz na Terra. Saga de Bravos! 

Esse é o novo romance de fantasia histórica, da autora Patrícia de Luna, que já provoca entusiasmo entre os apaixonados por livros que mesclam pesquisa histórica e ficção e será lançado na Bienal de São Paulo, dia 28 de Agosto.

Saga de Bravos traz uma incrível história envolvendo três personagens principais cujas vidas se encontram entrelaçadas há milênios, desde a época de Jesus Cristo. Um triângulo amoroso, onde dois homens imortais caminham na Terra disputando o amor de uma incrível e improvável mulher, que sempre renasce e vive dividida pela impossibilidade de ficar com o seu eleito. 

Na história, o livro foi escrito pela esposa do alquimista Flamell, guardado por uma irmandade em Rennes-le-Château e narra a história do judeu da Grécia, aquele que carregou a cruz de Cristo, Simão, e, sobre outro homem que tornou-se imortal no dia da crucificação: Barrabás. Em uma viagem entre o passado e presente, esses dois personagens atravessam o tempo com objetivos diferentes: um busca sua amada a cada reencarnação, o outro busca o Apocalipse. Os dois também têm uma visão antagônica sobre a humanidade, mas estão condenados a cavalgar juntos até o Armagedon, um do lado dos templários e o outro de Hassassins.

Seus caminhos se cruzam novamente em 2012 e ganham uma nova protagonista: Ariadne. Integrante de uma ordem mística, essa mulher linda e misteriosa, guarda segredos que poderão mudar o rumo da humanidade.

Uma saga épica, com passagens históricas (crucificação de Jesus Cristo, Cruzadas Cátaras, Corte do Rei Arthur, Santo Graal), lugares sagrados, aventura, fantasia, amor, sexo, encontros, desencontros, guerras e paz. Esta fantástica história realmente faz com que o leitor se encante, emocione e perca o fôlego em uma busca incessante, alucinante e misteriosa.

Trailer


A autora
Bisneta de condessa espanhola, descendente do último antipapa da história, Patrícia Carneiro de Luna é uma enciclopédia histórica ambulante. A escritora, formada pela Shakespeare Company, em Londres, passou cerca de duas décadas viajando ao núcleo das histórias mais marcantes do mundo e o resultado disso foi a conquista de um intenso conhecimento que acabou servindo de pesquisa para Saga de Bravos. 

Em diversas aventuras e viagens pelo mundo, ela coletou não só fatos históricos, mas viveu experiências, desde viver um tempo com Druidas, passando por praticar arquearia, até morar num convento, o que transmite a real dimensão do que escreve. No Brasil, escreveu um musical que esteve em cartaz no Rio De Janeiro e escreveu o conto de fadas, publicado pela Réptil Editora, que proporcionou um encontro transformador em sua vida: Christina Oiticica, esposa de Paulo Coelho, que ilustrou seu primeiro livro e teve sua biografia escrita por Patricia De Luna.

O resultado da amizade entre as duas, também rendeu frutos para Saga de Bravos. Pois,a escritora desvendou histórias mágicas no Sul da França, quando ficou hospedada na casa de Christina e Paulo Coelho em St Martin e através deles conheceu personages fantásticos do Caminho de Santiago, que estão no Livro: Como um templário e um hospedeiro que faz o ritual da queimada. 

E provavelmente a união de todos esses fatores e aventuras já fazem de Saga de Bravos um sucesso, antes mesmo do lançamento – previsto pra Setembro. A autora já conquistou mais de dois mil seguidores em sua página  destinada ao livro, no Facebook e tem um séquito de fãs à espera da Saga que promete ser um dos maiores sucessos literários de 2014.


Sobre o Lançamento: 

Onde: Bienal de São Paulo, no Pavilhão de Convenções do Anhembi - no estande da Literarte Rua N461 .
Dias: 28/08/2014, às 20h e 31/08/2014, às 16h 

Informações para a Imprensa:
Exclusiva Comunicação