5 de fevereiro de 2014

Ordem da Leoa 1 - Caçadora de Unicórnios

*Sinopse: "Esqueça a lenda. Unicórnios não são fofinhos. Nem alados. Muito pelo contrário: são cruéis, carnívoros e venenosos. É o que Ariel cansou de ouvir de sua, digamos, "um pouco obcecada" mãe. Ao que parece, as duas fazem parte de uma longa linhagem de caçadoras de unicórnios, descendentes de Alexandre, o Grande. Ah, e o Bucéfalo? O famoso cavalo do mais temido conquistador da história? Sim, você adivinhou... Unicórnio. Claro que Astrid costumava zombar dessas excêntricas histórias - até que o namorado foi atacado por um... pônei com chifre? E salvo do estranho veneno por uma droga milenar, um remédio mítico feito à base de unicórnios e guardado com zelo insano pela mãe de Astrid. Por isso, agora ela está indo para um claustro em Roma. Um antigo centro de treinamento para caçadoras. No entanto, na antiga Ordem da Leoa, nem tudo é o que parece. Fora de seus muros, os unicórnios esperam para atacar. E dentro, Astrid enfrenta outras ameaças inesperadas: paredes cobertas de troféus de caça vibram com um poder terrível, as outras caçadoras, e até mesmo seus patrocinadores sugerem intenções escurssas; mas o mais perigoso talvez seja a atração crescente por um estudante de arte... uma atração que pode pôr tudo a perder..."

A série Ordem da Leoa foi lançado em Agosto de 2013 com seu primeiro livro "Caçadora de Unicórnios". Tem como escritora Diana Peterfreund, também autora da série "A Sociedade Secreta" entre outros. Possui 364 páginas.

Aqui vai informações importantes sobre a série tirada do site da própria autora Diana Peterfreund:

"Eles não foram escritos ou publicados em ordem cronológica, qualquer um, mas se você está realmente curioso, a ordem cronológica de histórias curtas e séries vai:
  1. 'Hammer of Artemis' (Roma renascentista)
  2. 'Errant' (do século 18 França)
  3. 'The Last of the Unicorn Hunters' (Europa do século 19)
  4. Rampant [Caçadora de Unicórnios] (século 21 da América e Europa)
  5. Ascendant (século 21 da Europa)
  6. 'The Care and Feeding of Your Baby Killer Unicorn' e 'On a Field, Sable' acontecerá durante os eventos do Ascendant  e personagens de recursos que aparecem nos livros."

Ainda não há previsão para o lançamento de Ascendant (O próximo a ser lançado) no Brasil.

Conta a estória de Astrid Llewelyn, uma garota de 16 anos que possui uma mãe aparentemente "Louca" chamada Lilith e, por causa dessa loucura, uma parte de sua vida é afetada. O livro começa com nossa protagonista lendo uma linda e purpurinada estória de Unicórnios falantes para duas lindas crianças (Ela estava servindo de babá enquanto os pais delas estavam fora). Por ter houvido desde criança que esses "Seres Misticos" eram uma raça maligna que comia carne de qualquer espécie (Até mesmo de seres humanos), ela passou a odiar tudo o que era relacionado a isso. Por este motivo, sua mãe era tachada de louca, pois ela achava que esses seres realmente existiram a algumas gerações atras, que elas eram de uma linhagem de "Guerreiras" que caçavam esses monstrinhos e que, uma tatara tatara avó de Astrid foi a mulher que guerreou a "Guerra Final" entre eles levando-os a extinção total. Alguém acredita?

Pois bem. Após nossa protagonista conseguir (Finalmente) colocar os anjinhos para dormir, ela liga para o seu "Namorado" (Ou coisa do tipo) e o chama para lhe fazer companhia. Ao chegar, os dois decidem ir a uma floresta que fica no quintal da casa ficando a uma distância tanto para que não fossem vistos como para que, caso alguma das meninas acordassem, ela ouviria os gritos. Conversa vai, conversa vem. Beijinho vai, mãozinha vem, e Astrid percebe o que Brandt Ellison (O namorado) está tentando "Avançar o sinal". Sim ela é virgem e sim, não pretende perder sua virtude com ninguém no momento.

Parando e repreendendo, ela recebe  pergunta "Sem querer ofender mas exatamente quanto tempo isso vai demorar?". Ao receber isso, Astrid inicia uma discussão nada agradável com ele e, após pensar se deixa o não as coisas rolarem, algo de misterioso acontece. No bosque, ela sente uma sensação de estar sendo vigiada de perto. Calafrios são o menos dos seus problemas e, após perguntar a Brandt se ele sentia o mesmo, ele simplesmente ignorou achando ser um animal comum. Sem se convencer disso, Astrid inconscientemente se levanta e vai andando em direção ao animal.

Ao chegar bem perto, ela paralisa.O maior dos seus medos finalmente apareceu. Será que ela estava ficando louca igual a sua mãe ou ela realmente estava vendo um Unicórnio do tamanho de sua cintura e com um chifre grande e pontudo? Ela aprendeu com sua mãe que o chifre deles possuíam um veneno que matava uma pessoa rapidamente e que, caso um desses seres lhe atacassem, perfurariam seus órgãos e, caso sobreviva (O que é improvável  morreria pelo veneno. Com essa nova informação, Astrid pede a Brandt para ficar longe e se prepara para sua morte. Felizmente, algo de estranho acontece. Em vez de ser atacada, o Unicórnio simplesmente faz uma reverência bastante formal e, após isso, colocou sua cabeça em baixo da mão dela como se esperando um afago.

OBS: Para fato de observação, Unicórnios só aparecem para mulheres virgens.

Será que nada do que sua mãe falou era verdade e, como nos livros purpurinados em que via, eles eram fofos? Depois de um choque repentino, ela acordou de seu devaneio ouvindo Brandt se aproximar. Tentou alerta-lo para que se afastasse mas, sem ouvir, ele chegou perto o suficiente para ver o que estava acontecendo. Infelizmente o animal não ficou muito feliz com sua presença e, ao se virar para ele, deu um rosnado ameaçador e correu em direção de sua nova caça, Brandt.

Depois de um primeiro ataque onde seu chifre atingiu a perna dele, o unicórnio parou, recuou e partiu sem mais explicações (O que poderia se esperar de uma animal desses extinto a... milhares de anos?). Ao ver que o veneno começou a fazer efeito e que seu namorado estava mudando de cor, gemendo de dor e quase morrendo, ela fez a unica coisa que conseguiu pensar no momento, ligar para sua mãe. Ao saber do motivo da ligação, Lilith vem correndo ao seu encontro com uma jarra (Que anteriormente continha um liquido misterioso e agora evaporara) e uma garrafa de coca-cola (Para ver se consegue recuperar alguma propriedade que um dia existira na jarra). Sem muitas explicações, sua mãe despeja o Remédio (Como Lilith o chama) na ferida e da-lo para ele beber, o rapaz voltou praticamente ao normal.

Confusão, policia e, alguns dias depois, a total exclusão de amigos e namorado fizeram com que Astrid perdesse qualquer vontade de sair de casa. O que a motivava era o fato de sua mãe passar ainda mais tempo falando sobre "Como essa descoberta era incrível  e "Vamos investigar mais" alem de lhe contar diversas estórias sobre ancestrais Guerreiras. O tempo se passou e, após sua querida mãe conversar com um senhor rescêntrico (Que também acreditava na estória) chamado Cornelius Bartoli, ela decidiu mandar Astrid para Roma onde seria treinada com outras guerreiras para ser a próxima Caçadora.

Após diversos protestos, Astrid se rende e faz suas malas para o desconhecido. Chegando lá (E sendo largada por Bartoli) ela termina conseguindo o endereço do local e pega ônibus e metrô para chegar ao seu destino. Chegando lá, descobre uma mansão antiga, suja e mau tratada com, como principal decoração, chifres (Ou Alicórnios como são chamados) e estátuas de caçadoras. Lá, ela conhece Cornélia Bartoli (Sobrinha de Cornelius), uma menina um pouco desequilibrada que tem como paixão a estória real das caçadas e no modo em como "Rastrear" o restante das caçadoras. Segundo ela, para ser uma caçadora, você tem que vim de uma linhagem direta de Alexandre, O Grande, que foi o primeiro a domar um Unicórnio (Bucéfalo, um Karkadann) e que foi abençoado pela deusa Diana para que todas as mulheres de sua descendência que fossem virgens receberiam poderes como velocidade, força, agilidade e um sexto sentido que lhes faria perceber a presença do mesmo a distância. A, esqueci de comentar, elas também são imunes ao veneno do Alicórnio e podem se regenerar mais rápido ao ser atacada pelos seres. Estar perto de um pode fazer com que seus poderes aumente consideravelmente e até a cicatrização é afetada.

Aprendeu que existem 5 tipos de Unicórnios: Zhi, Kirin, Re'em, Einhorn e Karkadan. O unicórnio que se apresentou a ela era um Zhi, uma espécie dócil para as Caçadoras (A pesar de atacar todo e qualquer humano comum e ser tão perigoso quanto os outros). Os nomes vem em ordem de tamanho e um Karkadan seria o mais temido de todos por ser do tamanho de um elefante. Eles possuíam um Zhi de estimação chamado Bonegrinder (A pesar de Cornelia o odiar). Ao longo do livro, outros personagens foram sendo adicionados como Melissende , Rosamund, Grace e Mika (Irmãs), Philipa (Prima de Astrid), Dorcas, Ursula e Valerija.

Juntas, elas fazem o que foram predestinadas a fazer, treinar e matar unicórnios.

Bom gente, eu tinha muita coisa ainda para falar mas, preciso parar por aqui.  Eu sei que falo de mais e, por este motivo, agradeço a todos que conseguiram ler a resenha até o final. *-*

Comentário: Logo que peguei o livro na prateleira da Livraria Saraiva pensei "Eu quero ler esse livro". Com um título bem marcante e um tema longe da modinha que vemos hoje em dia, fiquei intrigada (E fascinada pela capa *-*) a lê-lo. A estória é realmente muito boa, eu simplesmente me apaixonei pela escrita de Diana e literalmente não conseguir parar de ler. Qualquer hora vaga era motivo de leitura. Não é uma literatura infanto-juvenil, possui uma quantidade excelente de ação, sangue e uma pitadinha de romance. Não tem como você iniciar sabendo como ele irá terminar, pois é bem imprevisível. Já falei que amei ler? *-*

2 comentários:

Anônimo disse...

Que blog lindo não abandone ele não..... Cuide dele com carinho

Ass> Neto

Isabele Alves disse...

Ola Neto. Minha intenção não é abandonar o blog mas infelizmente não consigo encontrar tempo para atualiza-lo. Tentarei fazer isso com mais frequência.
Obrigado pela força.
Abraços...

Postar um comentário

Ola! Tem alguma dúvida? Então comente...
Ficaremos felizes de saber a sua opinião e iremos lhe responder assim que possivel então... fiquem atentos. :D
Mas calma, chingamentos e palavrões não são permitidos ok?!
Bjinhos...