7 de agosto de 2012

Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling

Hi hi meus amores!! Já faz algum tempo que não faço resenha de livro não é verdade?! xD
Mas não se preocupem, o blog está sofrendo com algumas "Mudanças" e uma delas foi a entrada de Geisy e da Lilian na nossa equipe de colunistas ( Quem está feliz levanta os bracinhos \o/ ).
Pois bem, muitas pessoas ( E eu digo MUITAS MESMO) me perguntaram varias vezes o por que eu ainda não ter feito uma resenha de "Harry Potter" (Já que ele se tornou um livro "Modinha" alem de muito famoso por seus filmes) e, para o espanto de todos, eu respondi que "Ainda não li/assisti nenhum dos livros/filmes" dessa série. Por esse motivo, Geisy disse que eu era "Uma vergonha para sociedade blogueira" (Já que eu tinha um blog de livros) e praticamente jogou o livro na minha pessoa e mandou eu o ler urgentemente.
O que eu fiz? Eu li kkkkk
Achei um livro realmente bom e percebi que ele não foge da regra de "Livro sendo transformado em filme". Como assim?! Como todos sabem, todas as vezes que um livro fica muito famoso, o transformam em filme e, quando isso acontece, sempre existem "partes cortadas" do livro no filme ou mesmo cenas adicionadas que na versão original não existiriam.
Porem, Harry Potter teve uma vantagem. As cenas cortadas e adicionadas são quase irrelevantes (A meu ver), pois a estória é bem contada e passa nitidamente a mensagem que o livro quer passar (Palmas para os produtores /o\ ). Porem, vamos deixar de fala de mim e ir direto ao assunto...

"Harry Poter e a Pedra Filosofal" é o primeiro livro da série "Harry Potter" escrito por J. K. Rowling foi lançado em 1997 em Londres. Em 2000 teve seu lançamento aqui no Brasil pela Editora Rocco com 264 páginas. A série "Harry Potter" possui 7 livros e 8 filmes (Pois, o ultimo filme chamado "Harry Potter e as Relíquias da Morte" foi dividido em 2 partes).

Conta a estória de Harry, um garoto de apenas 11 ano de idade e que, após a morte de seus pais a 10 anos atrás, foi morar  com seus tios (Os Dursley).
A estória começa quando, em um dia bem misterioso, milhares de pessoas saem de casa com roupas espalhafatosas (Roxas, Verdes, etc...) alem de milhares de corujas voando descontroladamente pela cidade.
Vários cidadãos ficaram perplexos ao ver corujas, e muito mais por vê-las durante o dia e aos montes em toda a cidade. Até mesmo os noticiários estavam passando repetidamente varias reportagens sobre esses eventos.
Porém, o que as pessoas não sabiam era que esses estranhos eram nada mais nada menos que bruxos e bruxas, festejando a queda de um grande bruxo das trevas, Lord Voldemort, e as corujas eram  usadas para levar cartas de um bruxo para o outro. Como Harry entra na estória? Vocês já vão ver...

Lord Voldemort, depois de se voltar para as trevas, decidiu levar vários outros bruxos consigo para conseguir lutar na guerra entre o "O Bem e o Mal". Nessa busca incessante por poder, ele decide dar um fim na família Potter. Ao chegar lá, ele consegue matar Lily e James Potter porem, ao tentar matar o pequeno Harry Potter, inacreditavelmente ele não consegue (Deixando Harry com uma marca de "Raio" em sua cabeça). Com isso, ele misteriosamente desaparece deixando no ar "Será que ele perdeu seus poderes? Será que está tentando ficar mais forte? Será que morreu? ... " E esse foi o maior mistério pois, como um dos homens mais perigosos que já existiu não consegue matar uma simples criança? E por que ele desapareceu assim repentinamente?

Foi por esse motivo que os bruxos e bruxas estavam comemorando. Alem de fazer Voldemort desaparecer, Harry ficou famoso por ser a primeira pessoa a sobreviver a um ataque desse individuo. Harry ficou praticamente órfão então terminou sendo levado por Rúbeo Hagrid (Um gigante bem simpático), Professora Minerva (Professora da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts) e por Alvo Dumbledore (Diretor da Escola)  para morar com seus tios onde, os mesmos, deixaram uma carta contando tudo o que aconteceu e como deveriam proceder com Harry durante os anos que se seguiriam.

Os anos iam se passando, e Harry ia sofrendo dia após dia nas mãos dos Dursley. Diariamente apanhava de seu primo Duda (Até crescer e fugir de todas as tentativas do primo), usava sempre roupas usadas do primo, dormia em um armário (Completamente lotada de aranhas) e até mesmo o óculos que usava era de segunda mão e estava com um remendo (Causado por seu primo ao tenta quebra seu nariz com um soco).
Os Dursley mostravam claramente que não gostavam de Harry e, sempre que perguntava como era seus pais ou como morreram, eles tentavam mudar de assunto ou simplesmente o ignoravam.

Porem faltando alguns dias para seu aniversário, misteriosamente Harry recebe uma carta endereçada a ele (Estranho pois ele não tinha amigos e absolutamente ninguém mandava cartas a ele). Contudo, quando ia abrindo, seu tio tira a carta de suas mãos e lê primeiro. Ficou super  perplexo pelo que viu escrito que chamou sua esposa para ver a mesma coisa. Com isso, Harry e Duda ficaram  super curiosos e tentaram (Sem chances) pegar a carta e ler o que está escrito. Contudo, seu tio queima a carta e fala que enviaram por engano (Porem ficou de olho pelo resto dos dias para que Harry não consiga receber mais nenhuma carta). Nos dias que se seguem, chegam cartas e mais cartas endereçadas ao Harry, porem sempre o seu tio chega primeiro e rasga ou queima todas. Porem, 2 dias antes de seu aniversário de 11 anos, seu tio não aguenta mais e leva todos a uma viagem improvisada onde passaram a maior parte no carro indo sem rumo para o desconhecido. Dormem num hotel e, no outro dia continuam sua viagem até chega perto de uma praia. Lá, seu tio tranca todos no carro e sai deixando todos para traz. Minutos depois, ele volta dizendo que conseguiu um barco alem de suprimentos (Achando que nenhuma carta os encontraria em um barco no meio de uma tempestade). Instalados no barco, no meio do mar e numa tempestade terrível Harry vê seu aniversário chegando (Talvez o pior que já teve em toda a vida). 

Quando da meia noite, ele houve um barulho lá fora. Minutos depois, a porta do barco desaba e um gigante entra todo sorridente desejando um "Feliz Aniversário" a Harry. Com o barulho, todos acordam e tentam ao Maximo coloca o gigante para fora dizendo "Não conte a ele!! Ele não vai com você". Harry meio confuso quer saber o que eles estão falando e quem era o estranho. O gigante se apresenta como Rubeo Hagrid e, depois de algum tempo, Hagrid percebe que Harry não conhece a existência de bruxos, não sabe como seus pais morreram e nem sabe que ele está na melhor escola do mundo de Bruxaria ( Hogwarts).Conta também que Harry é uma "Lenda" para os bruxos e, logo após ameaças os Dursley por não ter contado a verdade ao pequeno Harry, o leva para um lugar para que descanse. No outro dia alem de descobrir que é muito rico,  ele e Hagrid decidem ir comprar os materiais que Harry irá usar na sua nova escola.

Resumindo, os dias se passam e chega o dia em que Harry deve se apresentar na sua nova escola. Antes mesmo de chegar a escola, ele já consegue arrumar inimigos (Draco Malfoy e sua gangue) mas também consegue amigos (Roney Wesley). Lá ele entra em confusão, é perseguido por professores, amado pelo seus "Fãs", cria mais inimigos entre outras coisinhas.


Quer saber um pouco mais? Então leia e confira!! =D

Achei o livro realmente muito bom (A pesar de ele não me deixar completamente apaixonada como acontece com outros livros). Um ótimo livro pra quem está iniciando nesse mundo "Literário". Recomendo com louvor!! Abaixo vai a sinopse:

*Sinopse: "Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdou roupas velhas do primo gorducho, teve óculos remendados e foi tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no País das Maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo. Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal - a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto."

Gostou? Comenta...

2 comentários:

Geisy Herculano disse...

Levanto todos os meus bracinhos (que não são muitos), muito bem só presta assim, Harry é perfeito, me apaixonei *.*

Isabele Alves disse...

UIII... vc é suspeita Gee u.u
auuhahuahauuhuhuhuhauh...
Ta bom!! O livro é realmente muito bom :D

Postar um comentário

Ola! Tem alguma dúvida? Então comente...
Ficaremos felizes de saber a sua opinião e iremos lhe responder assim que possivel então... fiquem atentos. :D
Mas calma, chingamentos e palavrões não são permitidos ok?!
Bjinhos...