8 de fevereiro de 2012

Os Miseráveis - Victor Hugo

Vamos voltar aos "Clássicos". "Os Miseráveis" lançado em 1862 pelo escritor Victor Hugo (tambem autor de "O Corcunda deNotre-Dame"). Inicialmente pensei que o livro seria mais um livro chato da literatura brasileira (confesso que poucos me agradam) mas ao iniciar a leitura tive otimas surpresas. A pesar de ser antigo e conta sobre sobre epocas historicas, vale a pena conferir. Só pra ressaltar, este livro fala da vida sofrida de Jean Valjean, de sua tentativa de se igualar a sociedade e de um romance proibido. Repetindo, esse livro é MUITO BOM!! Abaixo está a sinopse xD :

*Sinopse: "No início do século XIX, na França, Jean Valjean rouba um pedaço de pão para os sobrinhos famintos e é injustamente condenado a prisão e a marginalidade. Após cumprir 19 anos de prisão com trabalhos forçados, Jean Valjean é acolhido por um gentil bispo, que lhe dá comida e abrigo. Mas havia tanto rancor na sua alma que no meio da noite ele rouba a prataria e agride seu benfeitor, mas quando Valjean é preso pela polícia com toda aquela prata ele é levado até o bispo, que confirma a história de lhe ter dado a prataria e ainda pergunta por qual motivo ele esqueceu os castiçais, que devem valer pelo menos dois mil francos. Este gesto extremamente nobre do religioso devolve a fé que aquele homem amargurado tinha perdido.Após nove anos, com o nome de senhor Madeleine, ele se torna prefeito e principal empresário em uma pequena cidade, mas sua paz acaba quando Javert, um guarda da prisão que segue a lei inflexivelmente, tem praticamente certeza de que o prefeito é o ex-prisioneiro que nunca se apresentou para cumprir as exigências do livramento condicional. A penalidade para esta falta é prisão perpétua, mas ele não consegue provar que o prefeito e Jean Valjean são a mesma pessoa. Neste meio tempo uma das empregadas de Valjean (que tem uma filha que é cuidada por terceiros) é despedida, se vê obrigada a se prostituir e é presa. Seu ex-patrão descobre o que acontecera, usa sua autoridade para libertá-la e a acolhe em sua casa, pois ela está muito doente. Sentindo que ela pode morrer ele promete cuidar da filha, Cosette, mas antes de pegar a criança sente-se obrigado a revelar sua identidade para evitar que um prisioneiro, que acreditavam ser ele, não fosse preso no seu lugar. Deste momento em diante Javert volta a persegui-lo, a mãe da menina morre mas sua filha é resgatada por Valjean, que foge com a menina enquanto é perseguido através dos anos pelo implacável Javert.O tempo passa e a menina Cosette se apaixona profundamente por Marius, um jovem e carismático revolucionário.Em plena revolução de 1832, a busca incansável de Jean Valjean pela redenção alcança seu clímax quando ele escolhe sacrificar sua liberdade para salvar o grande amor de Cosette, até que um dia o confronto dos dois inimigos é inevitável, e só então, através da grandeza de seu ato, Jean Valjean se sente verdadeiramente livre da perseguição impiedosa do policial Javert. Valjean teve de lutar muito para mostrar que era um homem de bem e conseguir viver em paz."

Fonte: http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/resumos_comentarios/o/os_miseraveis

OBS: Se estiverem interessados em mais informações, cliquem no link acima e obtenha mais informações.

BOA LEITURA!!


by. Isabele 

0 comentários:

Postar um comentário

Ola! Tem alguma dúvida? Então comente...
Ficaremos felizes de saber a sua opinião e iremos lhe responder assim que possivel então... fiquem atentos. :D
Mas calma, chingamentos e palavrões não são permitidos ok?!
Bjinhos...